Webdesigner

Etc...

Como hoje é o dia do Webdesigner resolvi fazer um post falando um pouco sobre esta profissão que tem gente que nem sabe ainda o que é! Mas nós blogueiras já sabemos e todas que não são Webdesigners precisam de um em algum ponto do blog.
Dia-do-Webdesigner

Web Designer ou Webdesigner, vem de Designer claro, mas é um designer mais especializado. Os Webdesigners não se formam em Design Gráfico, e o Designer Gráfico não é Webdesigner!
Webdesigners estudam a Internet e não aprendem somente Photoshop ou Ilustrator, também não se focam em mídias impressas como Catálogos, cartões de visita etc, apesar de ser fácil para nós compormos um cartão de visita. Não estudamos o CMYK, estudamos RGB! Sim! O comportamento das cores no monitor, pois para nós Webdesigners, a cor que sair impressa pouco importa.

Mas o Web Designer não é só Designer, atualmente ele precisa ser um pouco mais, ele precisa saber também algumas linguagens de programação, mesmo que seja o básico, é preciso saber o que é HTML, PHP, ASP, MySQL, etc… Parece complicado? Mas é mais complicado do que você imagina!

HTML: é o código mais simples, é o nascimento da Internet, significa Hiper Text Markup Language. Com ele é só pegar as imagens e montar um site como dizemos em HTML. Sem programação, sem funções mais complexas, um Website institucional.
html

PHP
PHP:
linguagem de programação com códigos extensos para fazer um site mais complexo funcionar, como é o caso do Blog. Os blogs em WordPress por exemplo são feitos na linguagem de Programação PHP (Hypertext Preprocessor). É uma linguagem “free” é um código aberto onde basta você ter o arquivo com os códigos que ele é seu, e você pode alterá-lo de acordo com suas necessidades, e claro, suas capacidades! Ele permite criar funções, lojas virtuais, programas, enfim… um monte de coisa! E claro ele trabalha junto com o Banco de Dados.
ASP: também é uma linguagem de programação, mas ela não é “free”, ela é proprietária, e é preciso pagar para poder utilizá-la em seu site.

mysql

MySQL: É um banco de dados que trabalha junto com as linguagens, e ele é “free”.
SQL: Também é um Banco de dados porém ele é pago e se trata de um banco muito mais robusto

Bom essas são só introduções para saber um pouquinho mais!

O Webdesigner + O Programador

Muitos Webdesigners acabam aprendendo mais de programação e linguagem para poder terem um currículo melhor, conseguirem empregos melhores, e ganhar mais. Mas geralmente o Webdesigner é apenas responsável pelo Design do site, pela sua navegabilidade, sua leveza! Pois tem Designer Gráfico que quer mandar foto com 300 dpi para Internet! e não pode, claro tem que ser leve, sempre com 72dpi.
E para poder montar uma Loja Virtual complexa é preciso da ajuda do Programador! Este cara que geralmente é um nerd e ama computação, ele é o nosso salvador, pois em cima do layout que criamos para a Internet ele vai montar toda a programação. Por isso é importante que o Webdesigner saiba mesmo que seja o básico de Programação, porque na hora que programar, muitas coisas são complicadas, e tem coisa que um Designer Gráfico não entende porque não poderá ser feito. Mas o Webdesigner que tem noções de programação sim poderá de antemão prever no seu layout o que vai facilitar a vida do seu programador. Ou torná-la um pesadelo! Hehe.

Webdesigner X Designer Gráfico

E qual é a diferença entre os dois? Bom quando nos formamos em Design Gráfico, temos muitas matérias atualmente que incluem WEB. Mas o foco principal do Designer Gráfico são os meios impressos: Logotipos, Catálogos, Revistas, Livros, Cartões de Visita. Já vejo muitos criando layouts para websites, é possível sim, o único problema é com relação a programação que isso vai afetar. No caso do Web Designer, esse cara tem aulas de Programação na Faculdade, mesmo que sejam introdutórias já vai mostrar para ele um pouco da história do Programador, e como ajudar a desenvolver um Layout que seja totalmente integrável a um sistema. O Webdesigner estuda a Internet e todas as suas relações com Redes, IPs, Protocólos, enfim. O que o Designer Gráfico não faz.
Atualmente os dois meio que se entrelaçam e acabam fazendo de tudo um pouco. É o meu caso, porém como cursei Comunicação Social com Habilitação em Produção Editorial, acabei estudando muito de Design Gráfico na Faculdade, e depois complementei com a especialização em Web.

Como me tornei Webdesigner

patty_web

Para finalizar vou contar como virei Webdesigner! Bom quando a Internet começou a surgir aqui no Brasil, eu peguei gosto, e ficava até altas horas vendo sites. Não existiam blogs, isso era lá por 1996-97. Só existiam sites Free, hospedagens gratuitas, e eu queria muito fazer sites. Daí descobri que para fazer o site não usávamos Word ou nem tinha nenhum programa especializado em construir sites na época! Era preciso saber HTML cru! Na mão, escrever todo o código para poder ver seu site! E foi aí que comecei a pesquisar e gostar de HTML. Logo fazia vários sites todos em hospedagens free sobre os assuntos que eu gostava na época. Hoje temos programas que escrevem o código de maneira mais fácil como Dreamweaver, etc…

Quando fui escolher para qual faculdade prestar, queria fazer sites, e o que me pareceu algo que chegava perto era Produção Editorial. Grande engano! Pois só tivemos umas pinceladas de Web. No Ano que entrei na Faculdade, a Anhembi Morumbi também apresentou seu mais novo curso: Criação e Desenvolvimento de Websites, mas era uma faculdade de 2 anos, e acabei fazendo primeiro a de Comunicação Social para depois cursar a especialização.
Trabalhei em uma empresa de Websites com minha amiga Dani, por muitos anos, depois fui para outras empresas, até abrir a minha própria empresa. Mas como Webdesign é uma coisa que chega a ser cansativa e te prende em um escritório por 8 horas seguidas, sentada alí na frente do computador, me sentia muito presa! Sentia vontade de estar lá fora fazendo outras coisas.
Um dia um consultor trouxe umas fotos de uns clientes que ele mesmo fez, as fotos eram horríveis, e simplesmente estragavam o site! Comecei então a fazer umas fotos para sites, e logo quando tive minha empresa já comecei a oferecer serviços de Fotografia, e depois fui me especializar também em Fotografia. Um resumo da minha história com Webdesign.

 

Previous Story
Next Story
  • danihofstadter

    Adoreeeeeei ver um post sobre minha (ou seria nossa? Hehe…) profissão aqui no blog! Então feliz dia do Web Designer para nós! 🙂

    • Patty

      Que bom que gostou! Sim apesar de todas as mudanças e várias profissões ainda sou Web também né?